6 dicas de como começar a poupar dinheiro desde a adolescência

Saber economizar na adolescência pode parecer complicado em uma fase tão impulsiva, mas é uma tendência que começa a crescer no Brasil. Você sabia que mais de 6.000 crianças e adolescentes investem na bolsa de valores por meio de contas responsáveis?

Pesquisa da B3 mostra que os jovens estão cada vez mais pensando no futuro e no planejamento financeiro pessoal.

Outra pesquisa realizada por uma instituição financeira mostrou que os jovens que recebiam o auxílio em dias fixos tinham cinco vezes mais chances de recebê-lo esporadicamente.

Como os adolescentes economizam dinheiro?

Economizar dinheiro na adolescência pode parecer desafiador, mas é uma ótima maneira de ter uma vida financeira equilibrada e alcançar seus objetivos no futuro.

Confira as dicas para começar imediatamente.

1. Defina seus sonhos

O primeiro passo para aprender a economizar na adolescência é definir os sonhos que você quer alcançar junto com os recursos financeiros.

Afinal, é o nosso propósito que nos motiva a seguir em frente e manter a disciplina para organizar nossa vida financeira.

Sem esses propósitos, nenhum adolescente (mesmo adulto) pode economizar porque o desejo imediato sempre fala mais alto do que a necessidade de economizar.

Com isso em mente, estabeleça metas de curto, médio e longo prazo, como:

  • compre um novo telefone no ano que vem;
  • Troque de computador a cada dois anos;
  • Participar de viagens internacionais durante as férias;
  • Substituir no prazo de três anos;
  • 18 anos para comprar um carro;
  • morar sozinho após cinco anos;
  • Comprar uma casa depois de 10 anos.

Não tenha medo de estabelecer metas ambiciosas, porque tudo é possível desde que você planeje e economize regularmente.

2. Economize parte do dinheiro que você ganha

Uma regra básica para viver financeiramente saudável é sempre guardar uma parte de toda a renda que você ganha.

Claro, isso significa que você tem que gastar menos do que tem disponível – uma lição que deve ser aprendida para a vida.

3. Controle o consumismo

Por exemplo, a adolescência é um momento em que sentimos uma grande necessidade de consumir, seja para satisfazer desejos individuais, mostrar status ou ser aceito por um grupo.

No entanto, o consumismo excessivo é o inimigo número um da saúde financeira. É por isso que você deve evitar armadilhas como compras por impulso, ofertas irresistíveis e produtos de moda que vão além do seu orçamento.

O segredo é pensar em como essa escolha errada hoje afeta seus objetivos, te levando cada vez mais longe.

4. Salve de forma criativa

Os adolescentes não têm falta de criatividade. Por isso, na hora de economizar, aproveite ao máximo essa habilidade e procure alternativas para gastar o mínimo possível em seus momentos de lazer e hobbies.

Vale a pena “dividir” as compras de comidas e bebidas com os amigos, aproveitar as confraternizações em casa, ganhar metade do preço para estudantes, encontrar eventos gratuitos na cidade, ficar de olho nas promoções das suas lojas favoritas e muito mais.

Aproveite e veja dicas do que fazer no seu tempo livre para se divertir sem gastar muito.

5. Tenha um amigo e parceiro de poupança

A adolescência também é uma época em que queremos cumprir todas as nossas missões de vida com nossos amigos. Então, por que não trazer o tema das finanças para a amizade?

A dica é ter um amigo de confiança para compartilhar suas metas financeiras, compartilhar experiências e conversar sobre dinheiro.

Essa pessoa também pode ser um “guardião” do seu dinheiro, avisando quando você está prestes a fazer uma compra por impulso e destruir seus objetivos.

6. Comece a investir

Depois de aprender a economizar na adolescência, você precisa dar o próximo passo: começar a investir esse valor.

Em vez de manter seu dinheiro estagnado, você pode multiplicar esse valor a longo prazo e fazê-lo funcionar em direção aos seus objetivos. Isso é essencial para aumentar suas reservas financeiras, proteger seu poder de compra e pensar em seus objetivos para os próximos anos.

Por exemplo, as contas Neon não têm mensalidade e oferecem o CDB Neon, um investimento de renda fixa seguro e líquido que rende mais do que poupança.

Também ajuda os familiares a falar sobre dinheiro sem tabus e a realizar educação financeira em casa.

Como poupar dinheiro todos os meses?

É difícil economizar dinheiro todos os meses na adolescência?

Confira nossas dicas que nunca falham.

Comece com um fundo de emergência
O primeiro passo no planejamento financeiro é economizar uma quantia de dinheiro para imprevistos, a chamada “reserva de contingência”.

Na vida adulta, é usado para cobrir os custos fixos de emergências, como desemprego ou emergências médicas que impeçam o trabalho. Quando adolescente, isso pode ser um valor simbólico e deve ser sua primeira meta de economia.

Por exemplo, você pode definir uma meta de economizar US$ 500 e colocar esse dinheiro de lado para um dia chuvoso.

Aumente gradualmente a porcentagem de economia

Se economizar 20% da sua renda todo mês é muito difícil, você pode começar devagar e aumentar o percentual aos poucos.

Tente começar em 5% e, com o tempo, aumente gradualmente para 10%, 15%, até atingir sua meta de 20%.

É importante segmentar essa porcentagem e torná-la uma norma para sua organização financeira pessoal.

Você também pode iniciar um desafio de economia de dinheiro regularmente, como o Desafio de 52 semanas.

Portanto, use nossa planilha de despesas gratuita rica em recursos para facilitar sua vida financeira. Com ele, você poderá registrar tudo o que ganha e gasta, anotar as datas das transações, inserir os investimentos que fez, seus ganhos e muito mais!

Tudo de forma simples, com gráficos e fácil manuseio, permitindo que você assuma o controle de suas finanças e tenha cada vez mais controle sobre seu dinheiro.

Por que economizar dinheiro na adolescência?

Economizar na adolescência é fundamental para ter uma vida financeira saudável, equilibrada e próspera na vida adulta.

Afinal, é nessa fase que podemos adquirir mais conhecimento sobre finanças, além de contar com o apoio de nossa família para organizar nosso orçamento pessoal e alcançar nossos objetivos.

É como se preparar para a vida adulta, quando teremos nosso próprio fluxo de renda para administrar e assumir mais responsabilidade por nossas escolhas financeiras.

Além disso, do ponto de vista do investimento, quanto mais cedo começarmos a investir, melhor. Afinal, o tempo é aliado da rentabilidade e, além disso, precisamos amadurecer nosso conhecimento do mercado financeiro e estratégias para aumentar nossos resultados.

E como ganhar dinheiro na adolescência?

Há uma boa chance de que o dinheiro de bolso não seja suficiente para atingir suas metas de economia na adolescência.

Então, aqui estão algumas dicas sobre como ganhar uma renda extra:

  • Trabalhar na empresa como jovem aprendiz (forma permitida a partir dos 14 anos);
  • Trabalho freelance na Internet nas áreas de design, marketing, TI e redação;
  • Obtenha “bicos” de passeadores de cães, babás, jardinagem, aulas particulares e muito mais;
  • Fazer coisas para vender na escola, como doces, salgadinhos e café;
  • Produzir e rentabilizar conteúdo online através de blogs ou redes sociais – uma das formas preferidas para os
  • adolescentes ganharem dinheiro;

Venda itens de segunda mão, como roupas, sapatos, acessórios, eletrônicos e muito mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.